simples assim

Minha foto
São José dos Campos, SP, Brazil
A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter um governo mais ou menos. A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro. A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos... TUDO BEM! O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum... é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos. Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos. Chico Xavier

13 de set de 2010

O Bem e o Mal




Eu sou do bem. Eu não sou do mal. Eu sou de plantar. Eu sou de colher. Não sou de arrancar. Eu sou de fazer. Eu sou de ajudar. Não atrapalhar. Sou de colaborar. Sou de melhorar. Não sei piorar. Sou de levantar. Sou de refazer. Sou de construir. Não sei destruir. Sou de insistir. Sou pela verdade. Eu não sei mentir.
Eu sou de falar. Quando é preciso. Eu tenho juízo. Sei bem me calar. Eu sou altruísta. Sou bem ponderado.  Eu gosto de ouvir. E ficar calado. Depois refletir. E dar meu recado. Sem briga nem turra. Eu sou educado. Não sou egoísta. Não estou nesta lista. Sou pela humildade. E sinceridade.
Eu falo o que penso. Depois de pensar. Não digo o que quero. Sem avaliar. Eu sei escutar. Ouvir e falar. Não sou de impor. Sou de sugerir. Sou de persistir. Se a causa é correta. Se é bom o combate. O curso é a reta. Não ando enrolando. Pra frente e voltando. Eu sigo em frente. Com entusiasmo. Eu sou do passado. Mas olho o futuro. Não fico no muro. Ultrapassado.
Eu sou de mudança. Eu tenho certeza. Sou de confiança. Eu trago a esperança. Não sou derrotado. Eu caio e levanto. Nenhum desencanto. Eu sou otimista. Por natureza. Eu sou de amizade. Confio e espero. Só não acredito. Em lero-lero. Conversa fiada. Sem rumo certeiro. Não perco meu tempo. Atrás de dinheiro. Dinheiro roubado. Não perco a cabeça. Não sou prisioneiro. De oferta brilhante. A troco de nada. Não perco o meu jeito. Nem a liberdade. Sou homem direito. Mas não sou perfeito. E sempre acredito. Que tudo tem jeito.
Eu não tenho pressa. Não sou preguiçoso. Caminho em paz. Olhando o que é belo. Toda a natureza. É tudo pra mim. Eu sou assim. Em Deus eu confio. Em Deus eu espero. De que mais preciso? O que mais eu quero? Apenas que os outros. No mesmo caminho. De paz e amor. De pouco espinho. Consigam chegar. No mesmo lugar. No plano divino. No céu prometido. Com Deus encontrar. Viver nova vida. Eterna e brilhante. Nisso acredito. Eu sou confiante.



(por Domingos Oliveira Medeiros)

Nenhum comentário: